(81) 3222.5390
Em 22 de novembro de 2021 - às 7:16

Gráficos buscam 300 novos sócios em defesa do Sindgraf, do salário e de todos os direitos da Lei do Gráfico

Se a meta for atingida, fortalecendo o Sindgraf para continuar a luta por cesta básica e por demais direitos e salários superiores à Lei do Trabalho, a categoria poderá ter de volta até a tradicional festa do Dia dos Gráficos, suspensa enquanto o Sindicato mal está tendo condições para se manter e continuar a luta pela vida, emprego, renda e a comida na mesa da classe

Há séculos, 300 guerreiros gregos de Esparta defenderam com toda força e vigor sua família e sua casa contra a exploração. E, na última semana, também conscientes dos desafios, o conselho político de sustentação do Sindgraf-PE, recém-criado pelos trabalhadores durante a assembleia, quando lá reconheceram a conquista sindical de 10,78% sobre o salário de todos os 5 mil gráficos no estado, encampou uma campanha para buscar filiar 300 novos trabalhadores até antes do aniversário dos 99 anos da vitoriosa greve do 7 de Fevereiro de 1923, data de grande relevância que passou a ser o Dia dos Gráficos, sendo feriado para categoria em PE.

 

Os novos sócios são fundamentais para a manutenção do Sindgraf-PE – única entidade responsável pela luta em defesa da Lei do Gráfico (direitos superiores à CLT) e do piso salarial, este muito acima do salário mínimo.

 

“Sem a luta do sindicato e de parte da categoria na campanha salarial, a realidade seria bem diferente da atual com essa conquista do maior reajuste salarial dos gráficos no país, garantindo 10,78% de aumento para todos, sendo sócio ou ainda não. Por causa disso, o menor valor que cada gráfico ganhará a mais já no final desse mês será de quase R$ 300. Portanto, cada gráfico pode sim e é justo que gaste a partir de menos de R$ 25 de sindicalização por mês para evitar o fechamento do Sindgraf e manter a luta”, diz Iraquitan da Silva, presidente do órgão em PE.

 

O conselho político criado é formado por gráficos sindicalizados e aqueles em fase de associação que tiveram participação direta na campanha salarial, seja sendo sócio, presentes nas assembleias, ou nos bastidores dessa luta vitoriosa de 10,78% de aumento salarial. Assim como os 300 gregos espartanos, o conselho de gráficos sabe e tem consciência de que o Sindgraf-PE é um coletivo forte e só assim poderá manter os gráficos firmes contra a exploração e na luta pela sobrevivência da classe.

 

Portanto, o Sindgraf-PE precisa de 300 novos sócios até 7 de fevereiro, para manter a luta no próximo ano. O conselho assumiu a meta. Essa é uma tarefa e responsabilidade de todos os gráficos pernambucanos. Afinal, o seu salário e direitos acima da CLT, defendidos pelo Sindicato na campanha salarial através da Lei do Gráfico, precisa ser defendido todos os dias do ano e renovado a cada ano. Além disso, se a meta dos 300 novos sócios for atingida, a classe terá de volta até a festa do Dia dos Gráficos. O Sindgraf garante a luta. O gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE!

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *