(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 21 de junho de 2016 - às 9:58

Apenas 36% dos maridos divide tarefas da casa e dos filhos com esposa, diz pesquisa

ALLIANCE/SHUTTERSTOCK

 

 

Enquanto isso, 57,7%  das entrevistadas casadas dizem que são as principais responsáveis por estas mesmas responsabilidades.

Responsabilidades domésticas desiguais

 

ANDREY_POPOV/SHUTTERSTOCK

 

 

Quando o assunto é a conservação do lar, 75,8% das mulheres dizem que são as principais responsáveis pela limpeza da casa onde moram, enquanto apenas 8,9%  delas dizem que a tarefa não tem um responsável fixo.

 

Ou seja, as mulheres continuam sendo consideradas as principais responsáveis pelastarefas domésticas.

 

Na entrevista, 70,8% das mulheres afirmam que são as principais responsáveis pela arrumação da casa em que moram. Entre as casadas, 80,8%  afirma a mesma coisa, ou seja, o número cresce em 10%.

 

 

E esta não é a única tarefa que é majoritariamente exercida por mulheres. 69,5% delas apontaram que são as responsáveis pelos cuidados com as roupas, 66,5% pela limpeza e 66,2% pelo preparo das refeições.

 

 

Mulheres sobrecarregadas

 

AFRICA STUDIO/SHUTTERSTOCK
Homens não costumam ajudar mulheres com os filhos, aponta pesquisa

 

Praticamente 6 em cada 10 mulheres casadas/união estável se sentem sobrecarregadas. Entre elas, mais de 25%  já conversaram com maridos, que disseram que iriam começar a ajudar, mas não mudaram.

 

 

Em seguida, 22,3% dizem que nunca conversaram com o companheiro porque acreditam que todas estas tarefas são de fato responsabilidade dela.

 

 

Cuidado com os filhos

Além das tarefas domésticas, os cuidados com os filhos também são majoritariamente femininos. Apenas 16% das mulheres disseram que dividem tarefas como dar banho nos filhos, ajudar na lição de casa e levar ao médico com seus maridos e só 0,3% delas afirma que os maridos são os principais responsáveis por estas atividades.

 

Maior parte das mulheres entrevistadas se sentrem sobrecarregadas

 

Para a pesquisa, foram entrevistadas mulheres autônomas, funcionárias de empresas privadas e públicas, donas de casa, entre outras.

 

 

fonte: http://www.bolsademulher.com/comportamento

[+ Mulheres na Luta]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *