(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 6 de novembro de 2019 - às 7:47

Cepe tem só mais alguns dias para responder gráficos sobre salário

Prazo dado pelo sindicato acaba próxima semana. Em PE, só os gráficos da Companhia Editorial do Estado (Cepe) não tiverem o reajuste definido

A data-base dos gráficos pernambucanos é em 1º de outubro. Esse dia é referência anual para as empresas do ramo, inclusive jornais, garantirem o reajuste salarial e o conjunto de direitos coletivos da categoria. E foi isto que já ocorreu. Mais de cinco mil trabalhadores das indústrias gráficas e jornais tiveram o aumento de até 3,8%, quase 1% acima da inflação anual. No entanto, apesar de mais uma rodada de negociação do Sindicato da classe (Sindgraf) com a Cepe na última sexta-feira (1º), os representantes da empresa mantêm a indefinição, mesmo com quadro geral já definido.

 

Assim, diante do impasse, o sindicato estabeleceu prazo final de resposta da Cepe até sexta-feira (15) da próxima semana, antes que a entidade tome outras providências em prol da remuneração e direitos dos gráficos da companhia. “Enquanto posterga o reajuste dos trabalhadores, a Cepe investiu pesadamente na 5ª Feira Nordestina do Livro, na última semana, mesmo deixando os seus funcionários com o salário defasado. Espero que isso mude logo”, realça Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf-PE.

 

O dirigente lembra que é comum a Cepe ser a última empresa no estado a fechar a negociação salarial anual. Costuma esperar o fim da campanha nas demais gráficas. Foi isso o que ocorreu este ano outra vez. “Ainda em setembro, em reunião conosco, a companhia garantiu a renovação dos direitos contidos no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) e adiantou que aguardaria só o resultado da negociação nas outras empresas para definir seu reajuste salarial. O ACT na indústria Renda, por exemplo, já garantiu o aumento de 3,8% e todas as demais gráficas de PE o reajuste de 3,5%. Logo, não há mais desculpas para seguir o mesmo caminho”, diz Iraquitan

 

Já é novembro, mês posterior a data-base da categoria e nada da Cepe concluir o prometido. Eis a razão do próximo dia 15 ser o prazo final dado pelo Sindgraf para que a empresa responda sobre o reajuste salarial dos gráficos. “Se isso não acontecer, vamos entender que a companhia está travando a negociação e sem qualquer necessidade. Sendo assim, vamos procurar outros caminhos. Quem faz a lei, é a luta”, adianta Iraquitan.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *