(81) 3222.5390
Em 27 de setembro de 2021 - às 10:06

Recuperação salarial dos gráficos depende também de direitos alimentares

Em tempos como o atual onde o trabalho na indústria é insalubre e agora periculoso devido ao grande número de mortes frente à pandemia e também pelo alto custo de vida, redobra a responsabilidade social do patronal gráfico pernambucano com os seus trabalhadores, sendo vital a garantia da segurança da categoria, inclusive a alimentar e a do poder de compra de volta. Portanto, é urgente que a cesta básica e o vale-refeição sejam inseridas em todas as gráficas a partir do próximo mês, além de uma recuperação salarial condizente, conforme a pauta de reivindicação dos 5 mil gráficos pernambucanos.

Na última quinta-feira (23), durante assembleia presencial no Sindgraf-PE, a classe não vacilou ao apontar que só a responsabilidade social do patronal poderá evitar o caos de se ver os gráficos até passando fome diante da carestia e da disparada do custo de vida. Para isso, é preciso incluir na Lei do Gráfico (CCT) uma reivindicação antiga, que é a cesta básica de alimentos e vale-refeição. Não por acaso a Campanha Salarial da categoria tem como mote central “Comida na Mesa do(a) Gráfico(a)”.

 

O Sindgraf, em plena sintonia com os trabalhadores, já enviou a pauta de reivindicação para a entidade que representa os donos de gráficas no estado. Iraquitan da Silva, presidente do Sindicato dos Gráficos, disse que essa é a hora do patronal mostrar a sua responsabilidade social. São em momentos como o atual onde cada um mostra mesmo sua importância. 

 

Desse modo, é preciso que a cesta básica mensal e vale-refeição de R$ 15 diário passem a fazer parte da Lei do Gráfico (Convenção Coletiva de Trabalho). É o que aguarda os 5 mil gráficos, sob a liderança do Sindgraf-PE. O pleito visa garantir a segurança alimentar mínima, já que o custo de vida disparou na inflação superior a 10% e com carestia de tudo ao redor.

 

Com este cenário, os trabalhadores entendem que o patronal precisa reajustar o salário de todos superiores à inflação. Mesmo assim, ainda não compensa fazer o gráfico pôr a sua vida em risco se não puderem nem alimentar sua família direito. Por isso, a recuperação da renda da categoria depende também dos dois direitos alimentares reivindicados. O Sindgraf garante luta. O gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE!

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *