(81) 3222.5390
Em 23 de abril de 2021 - às 10:12

Dieese exalta os 87 anos de luta do Sindgraf-PE em defesa do gráfico

A segunda data anual mais importante dos trabalhadores gráficos do PE, que é o dia da fundação do sindicato da categoria, registrado oficialmente no dia de 22 de abril de 1934, foi destacado ontem pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. O Dieese exaltou a luta da entidade em defesa da vida, direitos e das condições de trabalho

Nesta quinta-feira (22), o Sindicato dos Trabalhadores Gráficos do Estado de Pernambuco (Sindgraf-PE) completou mais um ano de resistência em defesa da vida, emprego, renda, direitos e condições laborais da classe. A categoria é uma das mais antigas no estado e no Brasil, organizada por meio de entidade sindical. No caso do Sindgraf-PE, nasceu oficialmente em 22 de abril de 1934. Várias gerações de trabalhadores já passaram pelo órgão ao longo desses 87 anos. Não à toa, a data foi destacada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.

 

“Essa comemoração também é para nós uma data especial”, destacou a direção e os funcionários do Dieese. Na ocasião, parabenizam o Sindgraf-PE pelos 87 anos de lutas em defesa dos direitos dos trabalhadores e a atuação em prol da melhoria das condições de trabalho e vida no país.

 

O 22 de abril é muito importante para a categoria gráfica pernambucana. Só perde em grau de relevância para o 7 de fevereiro, que é a primeira data anual de luta da classe, pois foi quando, pela primeira vez no Brasil, uma categoria profissional conseguiu ter o seu sindicato reconhecido pelo patronal e pelo governo. Nesta época, só era válido o órgão dos patrões. Ainda assim, a greve de 42 dias dos gráficos, iniciada no 7 de fevereiro de 1923, há 98 anos, conseguiu validar o sindicato dos trabalhadores e a primeira convenção coletiva de trabalho, também pioneira neste período.

 

A organização dos gráficos pernambucanos, por sua vez, é até anterior ao glorioso 7 de fevereiro de 1923. Desde 1981, a categoria já mostrava a sua característica em busca da unidade com o objetivo de enfrentar os desmandos patronais em defesa da vida, emprego, renda, direitos e das condições de trabalho. Neste ano, já existia a União Tipographica (1891). Dois anos depois, foi criada a Conciliação e Abrigo dos Artistas Gráficos de PE (1901), além da União Syndicalista dos Artistas Gráficos do Estado (1928) e da Associação Mútua dos Linotipistas de Pernambuco (1931). 

 

Em 2017 e 2020, em função da flexibilização das leis do trabalho (CLT) e da pandemia, respectivamente, a importância (ainda maior) e a atuação sindical em prol da vida, emprego e renda se mostraram para a categoria ainda maior nestes períodos. O Sindgraf tem garantido a luta. Os 87 anos da entidade foram destacados inclusive através de uma reunião especial da diretoria. Por meio digital, foi prestigiada pelo presidente da Confederação Nacional dos Gráficos (Conatig), Leonardo Del Roy, órgão que reconhece grande relevância do sindicato pernambucano para todo gráfico brasileiro, diante da concepção e prática sindical em prol do conjunto da categoria. O Sindgraf garante luta. O gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE!

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *