(81) 3222.5390
Em 8 de junho de 2022 - às 11:42

Tragédia anunciada afeta vida de outro gráfico após 25 anos de trabalho insalubre

Semanas após a Justiça confirmar os efeitos malignos sobre a vida de um gráfico que completou 25 anos de trabalho insalubre seis meses depois que Bolsonaro mudou a lei previdenciária em 13 de novembro de 2019, outro gráfico, o Edinaldo Simão (Foguinho), teve agora a sentença judicial negando a sua aposentadoria especial também, mesmo ele já tendo completado 25 anos de trabalho insalubre 23 dias após a reforma da Previdência. Voto tem consequência. Não vacile mais. O Sindgraf garante a luta. O gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE

Não foi por falta de aviso para a classe trabalhadora que o Brasil não iria ter melhoria com Bolsonaro. O Sindgraf alertou aos gráficos no ano eleitoral de 2018 que os direitos trabalhistas e previdenciários seriam atacados. “O fim da aposentadoria especial para quem não completou os 25 anos de trabalho insalubre até 12/11/19 era, portanto, uma tragédia anunciada. Porém, ainda hoje, muitos gráficos não acreditam. Só descobrem que foram enganados por Bolsonaro quando sai a sua sentença judicial”, diz Iraquitan da Silva, presidente do Sindicato dos Gráficos de PE.

 

A tragédia no caso de Edinaldo é significativa. O gráfico que perdeu o emprego ano passado, assim como todos os demais com o fechamento do parque gráfico do JC, continua sem emprego e ainda está doente. “A reforma de Bolsonaro fez com que ele, por causa de 23 dias que faltavam para completar os 25 anos de labor insalubre até 12 de novembro/19, tenha de trabalhar mais 14 anos”, diz bastante indignado o sindicalista.

 

No dia que a reforma de Bolsonaro entrou em vigor, Edinaldo já estava no JC há 24 anos, 11 meses e sete dias. Faltavam só 23 dias para atingir os 25 anos. É imoral ter de trabalhar agora mais 14 anos para poder se aposentar. “Pior que esta é a regra da reforma e muitos gráficos acreditam em direito adquirido. Bolsonaro não quis saber disso”, realça Iraquitan. Trabalhadores: Não se engane mais. Eleição para presidente, governador, senador e deputados federais e estaduais vem aí. Vote consciente!

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *