(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 2 de setembro de 2019 - às 7:16

Emprego sem direito na gráfica: Você também quer isso trabalhador?

Campanha salarial 2019: Mais luta igual a mais direito. Menos luta igual a zero direito. Luta de gráfico é na assembleia nesta quinta, às 19h no Sindgraf

Começou setembro – último mês de validade da LEI DO GRÁFICO. Ela reúne 60 direitos contidos na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. Nela, toda cláusula é bem superior à CLT. Uma delas evita que o gráfico ganhe salário mínimo, mas garante que receba um piso maior. Obriga ainda o pagamento das horas-extras e com valores maiores ao da CLT. A fim de evitar a perda de todos os direitos da LEI DO GRÁFICO, o Sindicato da categoria (Sindgraf-PE) convoca todos para uma assembleia nesta quinta-feira (5), às 19h, na entidade, R do Veiga, Sto Amaro, Recife.

 

É por conta da LEI DO GRÁFICO que a categoria não sente, por exemplo, os prejuízos da lei da reforma trabalhista de Temer, que destruiu até mesmo a CLT desde o ano de 2017. E, este ano, se depender do governo atual a situação será bem pior. Bolsonaro defende emprego sem direitos. Portanto, quer destruir os direitos. Logo, acabar com a LEI DO GRÁFICO.

 

“Gráfico: você quer isso também? Se sim, fique de boa ou só reclamando; se não, junte-se a nós do sindicato e vamos lutar. A primeira impressão é que fica. Logo, vamos lotar o sindicato e dizer aos patrões que queremos avançar, mas sobretudo defendermos nossa LEI DO GRÁFICO”, convoca Iraquitan da Silva, presidente do Sindicato da categoria em Pernambuco.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *