(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 28 de novembro de 2018 - às 8:17

Gráfica Recife terá de voltar ao MTE e provar ter pago FGTS dos gráficos

Convenção obriga gráfica a apresentar comprovante de pagamento com o recolhimento do FGTS. E precisa mostrar todos com carteira de trabalho

Nesta quarta-feira (28), 14 dias após a primeira reunião no Ministério do Trabalho à pedido do Sindicato da classe (Sindgraf-PE), a Recife Gráfica terá de voltar para demonstrar que realmente pagou o FGTS de todos os seus empregados, bem como mostrar a folha de pagamento deles, pois há denúncia de que têm gráficos sem o registro na carteira de trabalho. A folha de pagamento teve ter descrito inclusive o pagamento do FGTS e os descontos, conforme a nova Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da classe, renovada há poucos dias atrás através da vitoriosa campanha salarial dos trabalhadores, sob a liderança do sindicato. Contudo, a Recife Gráfica terá também de apresentar o depósito do recolhimento do FGTS pode comprovar de forma efetiva que a empresa cumpriu essa obrigação.

 

Há queixas de que a Muinhos Comércio e Papelaria, mais conhecida por Gráfica Recife, que fica no bairro de São José na capital pernambucana, tem descumprido e legislação trabalhista, fundiária e a convenção coletiva de trabalho dos gráficos, uma vez que a reclamação de que o FGTS não tem sido recolhido mensalmente como trata a lei, como também não tem dado o comprovante salarial mensal de todos os trabalhadores que atuam na empresa, o que é um dever do patronal conforme a regra da CCT. E o salário dos gráficos deve ser devidamente pago semanalmente ou de forma mensal, garantido adiantamento quinzenal com 40% do valor total.

 

Porém, há a reclamação de que existem trabalhadores sem o obrigatório registro na carteira de trabalho, o que além de um crime grave, ainda pode explicar a queixa de não estar havendo o pagamento conforme as regras definidas pela convenção dos gráficos, uma outra sonegação significativa. A fim de esclarecer que nada disse está acontecendo, como foi realçado pela empresa durante a primeira mediação no Ministério do Trabalho, o auditor fiscal responsável solicitou da Recife Gráfica folhas de pagamento de todos os empregados que atuam no local, bem como o recolhimento do FGTS de todos dos últimos 12 meses, além do livro de pondo ou ainda o registro de controle eletrônico dos funcionários que por ali trabalharam.

 

Qualquer irregularidade do tipo ou de outra natureza contra a legislação trabalhista e a renovada CCT dos gráficos pode ser denunciada AQUI ao Sindgraf-PE. É fácil e rápido. O sigilo é garantido. Iraquitan aproveita para convocar os trabalhadores da classe, ainda não sindicalizados, para que se associem e fortaleçam a luta do sindicato em defesa do cumprimento dos direitos da categoria. Sindicalize-se AQUI. Juntos, somos mais fortes.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *