(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 11 de outubro de 2017 - às 7:56

Gráficas, se toquem! Sindgraf nas empresas contra câncer de mama

Mais que uma campanha de prevenção, um ato de resistência à nova lei trabalhista que expõe gestantes e lactantes à insalubridade e ao câncer

Nesta terça-feira (10), profissionais gráficas dos setores de Acabamento, Pré-impressão e outras áreas da Companhia Editorial de Pernambuco (Cepe) participaram do lançamento da Campanha do Outubro Rosa do Sindicato dos Gráficos do Estado (Sindgraf-PE), que seguirá para várias empresas do ramo até o fim do mês. Intitulada ‘Companheira, se toque!’, a campanha convida que façam autoexame com as mãos na mama para localizar se há nódulos e o exame clínico e de mamografia todos anos. Alerta que prevenção é o melhor remédio, já que este câncer é um dos que mais tem chance de cura, como mais mata por falta de prevenção.

 

A campanha também chama atenção da classe para resistir à nova lei trabalhista, que, dentre as suas mazelas, ampliará os casos de doenças e inclusive o câncer derivado da permissão de gestantes e lactantes em locais de trabalho insalubre, a exemplo da indústria gráfica que funciona essencialmente com matéria-prima química, como verniz, tintas e etc.  “Produtos químicos causam várias doenças, inclusive câncer. Portanto, as trabalhadoras e as empresas devem rejeitar qualquer caso absurdo derivado da reforma trabalhista que deixa gestante e lactante em locais  insalubres a partir de 11 de novembro”, ressalta Lidiane Araújo, diretora do Sindgraf-PE e coordenadora do Comitê das Mulheres da entidade.

 

“Companheiras, se toquem e façam o autoexame e exame médico para se prevenir do câncer de mama. Mas se toquem também em não deixar que gestantes e lactantes trabalhem em locais insalubres nas gráficas, com ou sem esta atrocidade da reforma trabalhista do Temer”, frisou Lidiane e Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf, no lançamento da campanha do Outubro Rosa da entidade na Cepe. A iniciativa foi muito bem recebida pelas gráficas desta empresa. Uma das mais animadas era Zenilda Andrade, funcionária do setor de Acabamento da Cepe – local onde o verniz é um dentre os vários agentes químicos insalubres.

 

A funcionária da Pré-Impressão, Stefane Quezado, também recebeu todas orientações e mais o cartão especial da campanha e o tradicional símbolo do laço Rosa. O material foi solicitado até pelos trabalhadores homens da empresa, sendo distribuído inclusive para as profissionais terceirizadas dos setores de Limpeza e de outras áreas da companhia. Outras empresas estão na lista da campanha do Sindgraf. “As próximas serão a Multi-Marcas, IGB/Embrasa e a MXM – gráficas com elevada quantia de mulheres. Outras mais serão visitadas este mês”, diz Lidiane, satisfeita em poder alertar as companheiras sobre a prevenção e a luta.

 

Rodada de negociação na Cepe

Infelizmente, diante da falta de análise prévio da pauta de reivindicação salarial dos gráficos da Cepe por parte da direção da empresa estadual, a primeira rodada de negociação terminou após mal iniciar nesta terça-feira (10). “Espero que na próxima rodada, no dia 19, a direção da Cepe, Secretária Estadual Administração (SAD) e até o governador, se for o caso, leia primeiro a pauta já apresentada desde o mês passado”, conta Iraquitan. Na pauta, a classe pede um reajuste de 7% e que os direitos existentes continuem no próximo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) em negociação, mesmo a partir da reforma trabalhista dia 11 de novembro.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *