(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 22 de fevereiro de 2019 - às 8:26

Gráficas rápidas têm de respeitar os direitos e salários dos gráficos

Sindgraf-PE enquadra Grafiza por falha no feriado do Dia da classe, falta dos registros dos profissionais, atraso salarial e no recolhimento do FGTS

Nesta quinta-feira (21), uma gráfica rápida teve que dar explicações para fiscais federais e ao Sindicato dos Gráficos (Sindgraf-PE) por ter obrigado seus funcionários a trabalharem em pleno feriado da categoria no último dia 7. O Dia dos Gráficos é um direito garantido pela Convenção Coletiva de Trabalho da classe, devendo ser cumprindo por todas as gráficas, inclusive nas gráficas rápidas. O Sindgraf deixou claro que é inegociável essa data histórica da classe, devendo a empresa não repetir tal falha.  E cobrou a regularização de vários direitos trabalhistas.

 

O salário foi um desses direitos básicos cobrados. “Se trabalhou, o gráfico deve receber no prazo e com o valor como define a convenção. O salário deve ser pago até o último dia útil do mês e o adiantamento quinzenal em 15 dias antes” frisou Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf. A empresa tentou pôr a culpa pelo atraso salarial nos próprios clientes, mas, sem êxito, comprometeu-se em não mais atrasar o pagamento de funcionários.

 

Outro direito básico no qual a Gráfica está irregular é o recolhimento do FGTS dos seus empregados, sendo cobrada a correção pelo Sindgraf. A empresa informou que iniciou os ajustes. Aguarda apenas a regularização do PIS de uma funcionários para consolidar o parcelamento do INSS em aberto, de modo a possibilitar a regularização também do FGTS de todos. Foi então acordado, perante a chancela da fiscal federal do Trabalho, que a Gráfica apresente no sindicato todas comprovações dessas questões.

 

A gráfica rápida continua irregular até no registro da carteira de trabalho dos seus empregados. “A Grafisa, assim como todas gráficas rápidas são obrigadas a cumprirem os direitos trabalhistas em geral, a começar pelo registro dos profissionais, pagamento salarial em dia, INSS e FGTS, mas também todos os direitos convencionados do setor gráfico, como o feriado do Dia dos trabalhadores da classe no dia 7 de fevereiro”, diz Iraquitan. A Gráfiza falou que os registros dos profissionais estão sendo solucionadas.

 

Iraquitan aproveita para convidar os gráficos da Grafiza a sindicalizarem-se, bem como todos os trabalhadores de todas as gráficas rápidas e as convencionais. “Cada dia fica mais claro para cada trabalhador que a única forma de garantir os seus direitos e salários depende da atuação unificada e organizada da categoria através da representação sindical. O momento de ataques à direitos pelas empresas e por governantes requer dos gráficos uma resposta de que estão juntos e dispostos a defenderem os seus direitos. Agora é Nós. Sindicalizem-se AQUI”, convoca Iraquitan.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *