(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 11 de fevereiro de 2019 - às 8:52

Gráficos da Centauro voltam a ser campeões do torneio de futebol

Gráficos da Renda, pela 1ª vez no torneio 7 de Fevereiro, desbancaram times favoritos e disputaram a final, com atuação brilhante do seu goleiro

De volta após um ano sem participar, os gráficos da Centauro levaram o título do Torneio de Futebol 7 de Fevereiro, realizado pelo Sindicato da classe (Sindgraf-PE), na última quinta-feira, no Clube de Cabo e Soldado. Além de campeões, vencendo a competitiva equipe da Indústria Renda, o artilheiro e melhor goleiro da competição também foram da Centauro. A competição contou com expressiva participação da categoria. Mais de 10 equipes disputaram. Frente a grande participação, o Sindgraf já anunciou a possibilidade de fazer um campeonato no 2º semestre, se for da vontade dos trabalhadores sindicalizados, de modo a garantir os times suficientes.

 

“Agora é nós, gráficos”, realçou Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf, durante a abertura dos jogos. O sindicalista reuniu mais de 150 gráficos-atletas no centro do campo do clube e lembrou que a unidade da classe é necessária no esporte, mas sobretudo na defesa de seus direitos, uma vez que as novas leis e governo buscam atacar ainda mais. Portanto, é fundamental a unidade através da sindicalização e da participação ativa.

 

Estavam presentes 12 times. Além da Centauro (campeão) e Renda (vice-campeão), participaram três times da Multimarcas, inclusive dos gráficos campeões de 2018; três times da IGB/Embrasa, formado por gráficos da impressão, colagem e corte e vinco; Ediniz; Facform; Plasticor e da MXM.

 

Olho no lance

 

Até se tornar campeão do Torneio 7 de Fevereiro 2019, a Centauro teve que enfrentar o campeão do ano anterior logo na primeira partida. Venceu os gráficos da Multimarcas Offset por 2×1. Foi um jogo difícil. Marcou o 2º gol no final, passando para a fase seguinte. Já a Renda, venceu a Ediniz nos pênaltis após o empate da partida por 1×1. O goleiro Caça Rato levou a melhor. O arqueiro manteve mesmo desempenho nos jogos seguintes, o que garantiu o time até a final contra a Centauro, onde perdeu por 3×0.

 

Ainda na 1ª fase, o 2º time da Multimarcas venceu a Facform nos pênaltis. Os gráficos da área de Corte e Vinco da IGB/Embrasa ganharam do time da MXM nos pênaltis. Os trabalhadores do Almoxarifado da Multimarcas venceram os gráficos do setor de Colagem da IGB/Embrasa por 4×0.

 

Na fase seguinte, esta mesma equipe de gráficos da Multimarcas aplicou uma goleada por 5×1 nos colegas da mesma empresa do setor de Offset. A empresa só caiu nas semifinais, quando enfrentou a Renda, perdendo nos pênaltis diante de outra grande atuação do goleiro Caça Rato, que havia repetido este feito no segundo do seu time quando enfrentou a IGB/Embrasa Offset. Além de pegar dois pênaltis, ainda marcou um gol.

 

Antes de enfrentar a Renda na final, a Centauro aplicou uma goleada por 5×0 nos gráficos do setor de Corte e Vinco da IGB/Embrasa. Já aí estava quase que consolidada a artilharia para o camisa 11 (Aleksandrovsk Dantas, sendo confirmada após outra goleada por 3×0 contra Renda, garantindo ao time o título de campeão outra vez, superando o paredão em que se tornou o goleiro adversário (Caça Rato) durante quase o tempo todo do jogo final.  Apesar disso, segundo as regras da competição, o título de melhor goleiro ficou para Centauro (Neylon Lasmar), por ele ter sido da equipe campeã.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *