(81) 3222.5390 - 3221.3099

Diretoria

A direção do SINDGRAF-PE é formada por 24 companheiros e companheiras que dividem tarefas diárias em busca da organização e fortalecimento dos trabalhadores das indústrias gráficas de Pernambuco.
Foram empossados em 1º de maior de 2013, com 99% de aprovação nas urnas. Até 2016, estão responsáveis por zelar pelo cumprimento dos direitos conquistados, bem como ampliá-los.
A força da categoria está na atuação firme dos dirigentes junto com a contribuição dos trabalhadores na base. A classe patronal somente respeita o trabalhador que tem posição e representação forte.

 

ANIILDO VIEGAS DA SILVA – “O Sindicato defende verdadeiramente o direito do trabalhador gráfico pernambucano. Esta luta também é minha”. Trabalhador gráfico há 29 anos e atual conselheiro fiscal do Sindgraf-PE. BERONILDO CARLOS DA SILVA – “O Sindicato é o melhor para a classe trabalhadora, porque ele defende realmente os legítimos e respectivos interesses da categoria”. Trabalhador gráfico há 38 anos e atual conselheiro fiscal do Sindgraf-PE.
DIOGO BARROS DA SILVA – “Temos que lutar contra os desvios de função e pela implementação do plano de cargos e funções no setor gráfico e conscientizar a companheirada”. Trabalhador gráfico há 25 anos e atual suplente da direção executiva do Sindgraf-PE. Há 120 anos surgia uma das primeiras organizações de trabalhadores no Brasil: os gráficos pernambucanos. O pontapé inicial foi dado através da criação da União Tipographica em 1891, no Recife, o que hoje é o Sindgraf-PE
EDUARDO JOSÉ DE SOUZA – “Sem o Sindicato seria muito difícil garantir os direitos conquistados, os quais foram alcançados após muitos embates com a classe patronal”. Trabalhador gráfico há nove anos e atual suplente do Conselho Fiscal do Sindgraf-PE. EVANDRO TAVARES DA SILVA – “O Sindgraf-PE promove a união e a organização dos gráficos do estado. Precisamos fortalecer ainda mais a nossa representação sindical”. Trabalhador gráfico há 12 anos e atual suplente da direção executiva do Sindicato.
ELISANGELA SOARES DE SOUSA – “Sem o Sindicato não poderíamos ir em busca dos nossos direitos. Estou na direção para lutar por dias melhores para o trabalhador”. Trabalhadora gráfica há 17 anos e atual primeira secretária do Sindgraf-PE. EMANOEL PINTO CAVALCANTI JUNIOR – “O Sindicato é honesto e transparente com toda a categoria, por isso entrei para somar”. Trabalhador gráfico há 25 anos e atual primeiro tesoureiro do Sindgraf-PE.
FÁBIO RODRIGUES DA SILVA – “Nós temos direitos e eles devem ser respeitados, por isso lutarmos em defesa deles. O Sindicato luta em prol de toda a categoria”. Trabalhador gráfico há sete anos e atual suplente da direção executiva do Sindgraf-PE. GERALDO ROBERTO DA SILVA – “Estou no Sindicato para lutar contra os desmandos dos patrões que tentam sonegar os direitos do trabalhador”. Trabalhador gráfico há 20 anos e atual suplente de delegado na federação pelo Sindgraf-PE.
IRAQUITAN JOSÉ DA SILVA – “Temos uma missão de organizar, orientar, fiscalizar, reivindicar, politizar e ser solidário ao trabalhador. O Sindicato é a única representação de classe em defesa do trabalhador”. Gráfico há 35 anos e atual presidente do Sindgraf-PE. JOSÉ CARLOS CONRADO DA SILVA – “Se não fosse o Sindicato, os patrões esmagariam a classe trabalhadora”. Trabalhador gráfico há 35 anos e atual suplente do Conselho Fiscal do Sindgraf-PE.
JOSÉ MARTINS NETO – “Estou a sete anos na direção do Sindicato porque sei que posso ajudar mais os companheiros”. Trabalhador gráfico há 22 anos e atual delegado na federação pelo Sindgraf-PE.  JOSAFÁ JOSÉ DE OLIVIERA – “O Sindgraf-PE é a única organização que pode melhorar a vida dos gráficos, porque é construído pelos próprios gráficos”. Trabalhador gráfico há três anos e atual suplente da direção executiva do Sindicato.
JOSIVAL ALVES PEREIRA – “Se o Sindicato deixar de existir, certamente perderíamos os nossos diretos conquistados. Por isso, estamos presente e atuante na luta da categoria”. Trabalhador gráfico há 22 anos e atual diretor de patrimônio do Sindgraf-PE. LIDIANE KARINE A. DA SILVA – “Sei que posso ajudar aos meus companheiros a lutar pelos nossos direitos. Venha ao Sindicato busca resolver seus problemas com o patrão”. Trabalhadora gráfica há 13 anos e atual vice-presidente do Sindgraf-PE.
MARCELO JOSÉ BRAGA – “É preciso batalhar por melhores condições de trabalho e contra os desvios de funções, bem como lutar contra os salários defasados”. Trabalhador gráfico há 17 anos e atual suplente da direção executiva do Sindgraf-PE. MARCOS ANTÔNIO DAMASCENA– “Acredito no poder de luta e de conquista do Sindicato, por isso faço parte desta direção”. Trabalhador gráfico há 28 anos e atual segundo tesoureiro do Sindgraf-PE.
MARCOS AURÉLIO VIEIRA DA COSTA– “Estou no Sindicato para defender o direito de todo a categoria. Juntem-se a nós!”. Trabalhador gráfico há 25 anos e atual segundo secretário do Sindgraf-PE. NILSON PEREIRA DOS SANTOS – “Eu acredito e defendo a busca por melhores condições de vida dos trabalhadores gráficos, bem como de toda a sociedade”. Trabalhador gráfico há 35 anos e atual delegado na federação pelo Sindgraf-PE. 
ROBERTO DOMINGOS GOMES – “O Sindicato é o defensor dos direitos de toda categoria. Estou nele porque posso ajudar a difundir e proteger o direito dos companheiros”. Trabalhador gráfico há 26 anos e atual suplente da direção executiva do Sindgraf-PE. ROBSON DE ARAÚJO PEREIRA – “Estou na direção do Sindicato para lutar pelos direitos da categoria, sem ele ficaríamos a mercê dos patrões”. Trabalhador gráfico há 28 anos e atual suplente de delegados na federação pelo Sindgraf-PE.
ROMILDO MAURÍCIO DA LUZ FILHO – “É preciso ter sempre o espírito de combate contra as irregularidades praticadas pela classe patronal. Por isso estou aqui”. Trabalhador gráfico há 11 anos e atual suplente da direção executiva do Sindicato. VANILDO P. QUEIROZ JUNIOR – “O Sindicato me dá a chance de ter uma melhor compreensão das relações trabalhador-trabalho-patrão e toda a estrutura política envolvida nesse patamar…”. Trabalhador gráfico há 25 anos e atual suplente do Conselho Fiscal do Sindgraf-PE. 
end was convicted. ( JENNY WILSON ) McDonough testified that Hernandez first contacted him authentic rams mark barron youth jersey on Sunday, June 16. He said they made arrangements to start authentic reggie bush womens jersey working together the next day. "We were somewhat close to training camp," said McDonough, authentic saints khiry robinson youth jersey when asked about the nature of the work he planned to do with Hernandez. "Basically, just authentic wesley walker youth jersey getting into shape, conditioning, working up to speed." The former Patriots tight end underwent shoulder surgery during the off season that year, and was still rehabilitating from his injury. Hernandez was a no show on June 17, McDonough testified. When McDonough contacted him to reschedule for the next day, Hernandez replied: "Lost phone jus got a new one and didn’t no how to get a hold of u or neone lol I’m sorry and I won’t leave u hang in again I’ll be there tomorrow 145 I am sorry see u tomorrow." The lost phone ndamukong suh mens jersey excuse is contradicted by law enforcement’s seizure of the phone Hernandez used the night chris jones mens jersey of Lloyd’s slaying. Later that night, Hernandez went
Food That Lower A1C in Diabetes The A1C level is the percentage of your red cells that have sugar molecules attached to them. It is also referred to as glycated hemoglobin, glycosylated hemoglobin, hemoglobin A1C and HbA1c. Your doctor can measure you A1C number with marcus gilchrist youth jersey a blood test to determine your average blood sugar levels over the past two or three months. A normal A1C level falls between 4 and 6 percent. If you have type 1 or type 2 diabetes, you should strive to keep your A1C number below authentic redskins trent williams womens jersey 7 percent. Eating right can help you do that.Control carbohydrates, fatty foods and calories by limiting your intake of potatoes, rice, mike evans womens jersey noodles and foods containing white flour. Pass up sugary desserts, candy, ice cream, soft drinks authentic nick mangold womens jersey and store bought cookies, pies, baked goods and doughnuts. Avoid fried chicken, frozen dinners, lunch meats, sugared soft drinks and flavored water, store bought smoothies and fruit drinks, milk shakes, frozen pizza, and restaurant french fries, hamburgers, pizza and chicken and fish sandwiches. All of these foods can raise your A1C levels, particularly if you have diabetes.
Articles Connexes: