(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 25 de março de 2020 - às 6:36

Mais gráficas paralisam produção e garantem férias e salário integral

Apesar de Bolsonaro ter tentado deixar os trabalhadores sem salário por até quatro meses diante da pandemia do coronavírus, o Sindgraf-PE tem orientado todas as gráficas a darem licença e férias remuneradas, como já ocorre em dezenas de empresas no Estado. A gráfica Liceu acaba de entrar nesta lista. Os trabalhadores da Liceu iniciarão suas férias amanhã

Diferente do que ocorre no mundo, a exemplo da Europa ou até nos EUA onde os governos têm investido recursos públicos para proteger a classe trabalhadora a enfrentar os efeitos socioeconômicos diante do Covid-19, Bolsonaro busca agravar a vida dos trabalhadores. Lançou uma medida no domingo que buscava deixar todos sem salários por até quatro meses. Só recuou após repercussão negativa, mas mantém a intenção de retirar fatia salarial considerável. O Sindicato dos Gráficos (Sindgraf-PE) repudia mais este ataque e exige do Congresso Nacional a devolução da medida. A entidade, por sua vez, defende a dispensa dos empregados de modo a ficarem todos em casa para conter a pandemia, sem prejuízo no emprego e nos salários.

 

“Na última sexta-feira, orientamos para que toda gráfica parasse o seu funcionamento, se possível, ou adotasse medidas efetivas para evitar as transmissões do novo vírus entre os seus funcionários. Recomendamos, portanto, o fechamento das gráficas e a concessão de licenças e férias coletivas remuneradas. Desde então, várias empresas já pararam a produção e seguem a nossa orientação. Nesta segunda, até a maior gráfica do estado e do Norte/NE em número de empregados, a Multimarcas no Recife, concedeu férias coletivas”, diz Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf.

 

O Sindgraf-PE, a partir da liderança de Iraquitan, continua acompanhando a situação esta semana. Ele informa que mais empresas estão fechando ou fecharam. Uma delas é a gráfica Liceu. Vai parar a partir de amanhã. Concedeu férias coletivas de 19 dias para os trabalhadores. A decisão da empresa foi tomada no começo da semana e está em consonância com a recomendação do Sindgraf-PE.  “A Liceu precisava mesmo tomar a decisão. Não podíamos ficar expostos ao vírus. É preciso esperar isso tudo diminuir e passar”, dizem os gráficos.

 

Iraquitan alerta todas aquelas gráficas que ainda não tomaram a decisão relativa à situação para que tomem em sintonia com a posição sindical. Iraquitan está à disposição das empresas e dos trabalhadores das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira, através do telefone/zap 9 8468 9091.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *