(81) 3222.5390
Em 3 de novembro de 2020 - às 5:41

Nova LEI DOS GRÁFICOS garante vida, emprego e renda da categoria

Nenhum dos direitos dos gráficos de antes da pandemia pode ser retirado. Embora tenha sido importante o reajuste da renda com ganho real neste ano de pandemia, onde os gráficos de PE foram os únicos da classe no Brasil a conquistá-lo, o Sindgraf-PE também cumpriu nesta campanha salarial suas bandeiras de luta pela vida e emprego dos trabalhadores com todos os direitos através da renovação Lei dos Gráficos (AQUI) por mais um ano. O Sindgraf garante a luta. O gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE!

Desde o dia 1º de outubro, com reajuste de 4% conquistado pelo Sindgraf-PE na campanha salarial deste ano, mesmo em plena pandemia, nenhum dos gráficos pernambucanos pode receber menos de R$ R$ 1.389,79. E se for impressor offset quatro cores ou mais, o menor piso é R$ 2.261,87. As faixas salariais superiores também devem ter o aumento de 4%. Tudo isso consta na nova Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria, mas conhecida no estado por LEI DOS GRÁFICOS. Confira AQUI a tabela dos novos valores para o pagamento dos novos pisos por quinzena, semana, dia, bem como para hora normal de trabalho, hora-extra 65%, 100%, além de salário família, desconto do INSS, insalubridade e etc. Além da defesa da renda dos trabalhadores, como o Sindgraf-PE se comprometeu a lutar em defesa de todos, mesmo muitos ainda não sindicalizados, a luta sindical também evoluiu na defesa da vida e do emprego com direitos através da garantia de todas as condições superiores à Lei geral do Trabalho (CLT).

 

“Em resumo, com a renovação da LEI DOS GRÁFICOS até setembro de 2021, nenhum direito existente antes da pandemia pode ser retirado dos trabalhadores. E isso só é possível por conta da manutenção dessa lei. São 60 direitos superiores à CLT e específicos com exclusividade para os trabalhadores de todas as gráficas em Pernambuco, independentemente do poder econômico da empresa, seja micro, pequena, médio ou grande”, comemora Iraquitan da Silva, presidente do Sindicato dos Gráficos de PE.

 

Portanto, independentemente da quantidade de gráficos, não importa se a empresa tem um ou mais de 100 trabalhadores, o Sindgraf-PE garantiu a proteção da vida, do emprego com direitos e da renda para toda classe. Dentre as várias condições protetivas colocadas pela LEI DO GRÁFICO, a categoria pode verificar, por exemplo, a regulamentação das jornadas de trabalho, bem como a obrigatoriedade do pagamento das horas-extras e ainda do salário e o adiantamento quinzenal com as datas pré-definidas.

 

A LEI DO GRÁFICO, ao regular a defesa da vida, do emprego com direitos e da renda do trabalhador, contribui também com as próprias empresas. A lei evita a prática destrutiva do próprio setor gráfico por parte de maus patrões que buscam lucrar pela concorrência desleal entre empresas ao aplicarem seus preços de produtos abaixo do valor do mercado às custas da sonegação de seus deveres. Portanto, a LEI DO GRÁFICO ao proteger as empresas, garante a manutenção delas e assim geração de empregos, mas o trabalho com a proteção da vida, emprego e renda do trabalhador. O Sindgraf garante luta. O gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE!

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *