(81) 3222.5390
Em 11 de maio de 2022 - às 12:10

Sindgraf-PE garante recurso do MTE para governo pagar PIS de gráficos

Quem trabalhou em 2020 em algum mês com carteira assinada, recebia até dois salários mínimos e ainda não recebeu o PIS neste ano, como no caso de gráficos da Copiadora Nacional, já pode procurar o Sindgraf para se associar e assim fortalecer a entidade sindical para pode acionar o Ministério do Trabalho (MTE) em busca de fazer com que o governo federal pague o que deve ao trabalhador, mesmo depois de falhas no processamento dos dados empregatícios. Uma lista com nome de gráficos, contendo telefone e CPF dos mesmos, já foi enviada pelo Sindgraf-PE ao MTE que já fez recursos administrativos para garantir o pagamento efetivo. O Sindgraf garante a luta. O gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE

Depois de meses de espera, inclusive após o prazo definido pelo governo Bolsonaro para além do tempo habitual, o Sindgraf-PE decidiu partir para outras atitudes a fim de garantir o dinheiro no PIS no bolso de todos os gráficos que têm direito ao abono anual, mas ainda não foram listados para o recebimento em função das falhas do processamento de dados. O Sindgraf tem tratado direto com o MTE. Envia a lista com o nome e a gráfica do trabalhador para o órgão, o qual faz um recurso, corrigindo os dados e solicitando a liberação do pagamento ao governo federal. 

 

“A iniciativa visa garantir que os gráficos recebam o PIS sem precisar continuar esperando a ‘boa vontade’ do governo em corrigir os dados e liberá-lo. Agimos de forma proativa também no MTE, que, em atenção a nosso pedido, tem feito o recurso e assim garantirá o dinheiro no bolso do gráfico para botar a comida na mesa, a exemplo do que vai ocorrer com gráficos da Copiadora Nacional que nos procuraram”, diz Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf-PE.

 

O sindicato já está terminando de fazer uma nova lista para o MTE. Dessa vez, a maioria é de gráficos da IGB/Embrasa. Não importa se é de uma gráfica grande, média, pequena ou micro, se trabalhou em 2020 com carteira assinada, recebeu até dois salários mínimos e está cadastrada nos dados empregatícios do governo (Rais) há mais de cinco anos tem o direito a receber o PIS. Não abra mão de seus direitos. Quem trabalhou em 2019, nas mesmas condições, pode também solicitar o PIS caso não tenha recebido. Juntos somos fortes. Seja sócio do Sindgraf. SINDICALIZE-SE 

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *