(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 25 de abril de 2018 - às 10:44

QUEM GANHA E QUEM PERDE com o Sindgraf-PE forte ou fraco?

Com esta pergunta, o Sindicato dos Gráficos (Sindgraf), que foi a única das entidades gráficas do país que conseguiu incluir várias cláusulas de barreiras na convenção coletiva contra nova lei do trabalho, impedindo, por exemplo, que empresas cortem o pagamento da hora-extra e o piso salarial, dentre outros males, quer saber dos 5 mil gráficos de PE quem GANHARÁ e quem PERDERÁ com o sindicato FORTE ou FRACO?  É lógico que QUEM GANHA com o Sindgraf-PE FRACO são os patrões, pois a categoria não terá mais sua entidade para proteger seus direitos. Portanto, o trabalhador só GANHA através do seu Sindgraf-PE FORTE, a não ser que exista algum gráfico SUPERMAN que tenha esse poder de enfrentar o patrão. Não há ganho individual sem a proteção coletiva! Logo, QUEM PERDE com o Sindgraf FORTE jamais será o trabalhador.

 

O sindicato só pode ser FORTE quando a categoria está organizada, pois classe organizada prospera, e esfacela se estiver desorganizada. E até agora, na história do Sindgraf, que faz 84 anos de fundação oficial em 2018, e completa 127 anos de suas primeiras organizações, jamais obrigou nenhum trabalhador a contribuir financeiramente e participar das atividades sindicais. Porém, desde seus primórdios, tem alertado sobre QUEM GANHA e QUEM PERDE com o Sindicato FORTE ou FRACO.

 

Neste ano, mais uma vez, continua sendo o papel do gráfico decidir de forma livre e autônoma se deve participar pra manter o Sindgraf FORTE ou FRACO. Porém todos já sabem quem vai GANHAR OU PERDER a partir da decisão tomada. Mas não esqueça que este ano é diferente. O patronal está mais FORTE. Será a primeira campanha salarial com a nova lei do Trabalho em vigor antes da data-base da categoria, que é 1º de outubro.  Desse modo, o trabalhador só GANHA com o seu sindicato FORTE. E sindicato FORTE precisa de ter trabalhadores sindicalizados.

 

Se o gráfico hoje tem bons direitos coletivos e salário, tendo inclusive o maior piso da classe no Nordeste e um dos melhores do Brasil, é porque não conquistou de forma individual, mas coletivamente ao longo dos 127 anos de organização sindical. E só mantendo o Sindgraf FORTE será possível preservar tais condições. Juntos, somos fortes. Sindicalize-se! Somente através desta consciência, não por cobrança obrigatória do imposto sindical, o gráfico poderá se manter organizado para GANHAR.

 

Quem PERDE com Sindgraf FRACO? O imposto sindical, por exemplo, ajuda o sindicato financeiramente. Mas nunca existiu antes na categoria. Era uma contribuição espontânea para ajudar a organização da classe trabalhadora. Só na década de 1940 que o governo interviu neste tipo de organização e o criou, ficando inclusive com parte robusta, intervindo na consciência da classe, esvaziando a participação coletiva.

 

O Sindgraf FORTE jamais obriga nenhum trabalhador a pagar imposto, já há muito no país. Mas o sindicato aceita a participação do gráfico que tiver consciência de QUEM GANHA E QUEM PERDE sem sua atuação. Denuncie se a sua empresa estiver lhe pressionado para não participar. A colaboração financeira ajuda, mas não é o suficiente para definir quem GANHARÁ e quem PERDERÁ. É preciso que muito mais gráficos sejam sindicalizados. Mas o ideal seria todos os 5 mil gráficos pernambucanos.

 

O fato é que uma nova campanha salarial se aproxima e a convenção coletiva dos gráficos perderá sua validade já em outubro, precisando ser renovada. Portanto, somente através da consciência e participação dos gráficos será possível enfrentar outra vez esta nova lei do Trabalho, que retira direitos, a qual já retirou de muitos gráficos de outros estados. Sindgraf-PE FORTE é classe organizada. Sindicalize-se e continue FORTE!

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *