(81) 3222.5390
Em 8 de outubro de 2021 - às 9:53

Sindgraf-PE garante R$ 885 em direitos alimentícios para gráficos da Cepe

A mobilização dos trabalhadores na gráfica segue agora pela recuperação salarial, mesmo após a garantia do vale-alimentação de R$ 770 e mais R$ 115 de cesta básica mensal. O Sindgraf garante a luta. O gráfico garante o sindicato. A luta segue pelas demais gráficas de PE. SINDICALIZE-SE!

Embora ainda não tenha sido concluída a negociação salarial do Sindgraf-PE com a Companhia Editorial de Pernambuco (Cepe), todos os gráficos do local saíram com o resultado muito positivo na 1ª rodada nesta quinta-feira (7). O sindicato conseguiu fazer com que os 99 trabalhadores recebam R$ 770 de vale-alimentação e mais R$ 115 de cesta básica pelos próximos 12 meses. O valor da cesta ainda pode aumentar ao longo das negociações que vão continuar em defesa de um reajuste salarial capaz de superar o alto custo de vida atual.

 

Apesar da urgência e da Cepe não ter concluído a negociação de uma única vez, a empresa já dá uma demonstração de responsabilidade social e do quanto é importante os direitos alimentícios para todos os seus gráficos. Mas não somente isso. “A empresa garantiu também diversos outros direitos econômicos que contribuirão para a categoria poder enfrentar uma parte da alta inflação anual, talvez a maior desde que foi criado o Plano Real, corroendo bastante a renda dos empregados”, realça Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf.

 

Dentre a conquista desses direitos econômicos, todos garantidos para serem incluídos na renovação do acordo coletivo de trabalho por mais um ano, que está sendo negociado pelo Sindgraf-PE, todos os 99 gráficos receberão um 14º salário no final do ano, plano de saúde totalmente gratuito para si e para filhos e cônjuge, bolsa-escola para filho do pré-escolar até a faculdade de R$ 4,2 mil anual. O trabalhador também paga 33% a menos pelo vale-transporte. E o piso salarial de ingresso é maior que no restante das gráficas, de R$ 1.704,69 (e ainda terá a correção), sem falar no plano de cargos, carreiras, salários e função dentro da Cepe (ainda sob júdice).

 

“A nossa luta é pela comida na mesa dos trabalhadores. A Cepe mostra que estamos certo, sendo relevante neste momento que todo o setor patronal também reconheça a sua responsabilidade social neste período em que os gráficos precisam de direitos alimentícios frente à expressiva alta do custo de vida. Portanto, o Sindgraf-PE dará continuidade nesta reivindicação gráfica por gráfica,” fala Iraquitan. O Sindgraf garante a luta. O gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE!

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *