(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 23 de janeiro de 2019 - às 11:23

Sindgraf-PE conclui campanha salarial com 4,53% de reajuste na Cepe

É nós! Esse é o mote em que a categoria gráfica passou a usar desde o começo do ano para demonstrar que sabem que só juntos e em torno do sindicato poderão manter os seus direitos, salários e condições laborais diante de leis trabalhistas atrasadas e do fim do Ministério do Trabalho. E já foi neste princípio, que, há poucos dias, o Sindgraf conseguiu concluir a campanha salarial da classe, iniciada em 2018, beneficiando agora os trabalhadores da Companhia Editorial de Pernambuco (Cepe) – únicos do setor gráfico que ainda não tinham definido o tamanho reajuste e direitos.

 

O aumento definido foi de 4,53%, retroativo a 1º de outubro de 2018 – data base da categoria em Pernambuco. O percentual ficou acima da inflação. O acordo, que foi finalizado no início de 2019, também garantiu todos os direitos contidos na Convenção Coletiva de Trabalho, que engloba todas as gráficas do Estado. O acordo manteve inclusive benefícios superiores à convenção, a exemplo do pagamento do 14º salário anual para todos.

 

O salário mensal do gráfico na Cepe também é pago com antecedência. Já receberam a remuneração de janeiro nesta semana. O valor já foi pago com reajuste de 4,5%. Os trabalhadores ainda receberam toda diferença salarial dos três últimos meses e do 13º salário, uma vez que o aumento foi retroativo ao mês de outubro do ano passado. No local, a quantidade de empregados sindicalizados é grande (É nós: gráficos unidos e na luta).

 

A negociação havia começado no final de agosto do ano passado. Porém, como a Cepe se trata de uma empresa do governo estadual, dependia da direção da companhia, mas ainda da Secretaria de Administração de PE. Enquanto aguardava o desfecho da negociação, o restante da categoria, das indústrias gráficas e dos jornais, liderados pelo Sindgraf-PE, também se unificaram em torno da entidade e defenderam seus salários e direitos, garantindo a recomposição salarial e até acima da inflação. Houve até os acordos individuais em empresas com a garantia de direitos superiores.

 

É nós. Sabemos que juntos somos fortes. Ainda mais agora com tantas leis contra os direitos trabalhistas e com um novo presidente do Brasil que acabou com o Ministério do Trabalho e quer extinguir Justiça do Trabalho. Na verdade, sabemos que precisamos ficar juntos para nos protegermos. É nós. Parabéns aos gráficos que entenderam o seu papel na campanha salarial que acaba de terminar. E parabéns aos gráficos que já começam a se organizarem este em torno do sindicato, com sindicalização em prol da demonstração da unidade da categoria em prol dos salários e direitos”, destaca Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf-PE.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *