(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 23 de setembro de 2020 - às 11:37

Sindgraf-PE avança na defesa da vida e emprego dos gráficos com todos direitos na Cepe e jornais

Nesta quarta-feira (23), um dia depois da Companhia Editorial do Estado (Cepe) confirmar a reivindicação do Sindgraf-PE na 1º rodada de negociação salarial para a proteção da vida e do emprego com todos os direitos dos gráficos, como também ocorreu com os donos dos jornais na última sexta, o Sindicato se reunirá agora com o patronal das gráficas convencionais de PE. A reunião, que também será presencial, começa a partir das 16h. A campanha salarial 2020 defende a vida, emprego e a renda. O Sindgraf-PE está encarregado de garantir a luta e os gráficos de garantir o sindicato.

 

Por sinal, na Cepe e nos jornais, o Sindgraf-PE já garantiu a renovação na íntegra por mais um ano do acordo e da convenção coletiva de direitos respectivamente, garantindo a vida e o emprego dos gráficos com direitos para todos. Só não se avançou nas tratativas sobre a renda porque ainda não foi divulgada a inflação de setembro pelo governo federal, o que deve acontecer por volta do dia 10 do próximo mês, quando será marcada uma nova rodada de negociação com a Cepe e com o sindicato dos jornais. O Sindgraf está cumprindo o seu papel. E pede a categoria que faça a dela. Em ano de pandemia, fortaleça o sindicato através da sua sindicalização.

 

Na Cepe, por exemplo, onde existe um grande número de sindicalizados, o Sindgraf-PE teve força para já garantir a renovação de direitos bastante avançados, inclusive maiores até que a lei do gráfico (Convenção Coletiva de Trabalho), esta que já é bem superior à CLT (Lei Geral do Trabalho).

 

“Ontem, a Cepe já nos garantiu a renovação por mais um ano do emprego com todos estes direitos, a exemplo do plano de saúde, vale-alimentação, cesta básica, 14º salário e etc. Também se comprometeu com a vida e a renda da categoria nesta pandemia, garantido a licença remunerada no período. Ela também assumiu conosco o mesmo cuidado no regresso dos gráficos ao trabalho físico”, fala Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf.

 

Na negociação com os jornais, a pauta de reivindicação do Sindgraf-PE também avança. Na FolhaPE, JC e DiárioPE o número de sindicalizados também é expressivo. Logo, a vida do trabalhador garantida pelo emprego com todos os direitos já foi confirmada com o patronal ao reconhecer o pleito sindical pela manutenção completa da convenção por mais um ano.

 

Assim como na Cepe, nos jornais só fica faltando a tratativa do reajuste salarial, que aguarda a divulgação do INPC de setembro em outubro. O sindicato reivindica um aumento capaz de recuperar o poder de compra da categoria, ora reduzido pela inflação anual, mas sobretudo pela crise sanitária, onde o governo federal permitiu uma redução de 20% a 70% da renda mensal dos gráficos em decorrência da suspensão ou da redução do trabalho. Portanto, o Sindgraf-PE defende o reajuste em torno de 6%.

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *