(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 5 de outubro de 2020 - às 10:01

Sindgraf-PE garante plano de saúde e busca vale-alimentação e renda maior

Indiferente à pandemia, Indústria Renda contrata mais, bate recordes de produção, mesmo com 40 horas de jornada de trabalho semanal e salário integral para todos os gráficos, onde quase 100% são sindicalizados. Este e demais direitos do acordo com o Sindgraf-PE, como o plano de saúde, continuam por mais um ano, conforme 1ª rodada de negociação na sexta-feira (2). A empresa pode fazer mais. E na 2ª rodada no dia 16, o Sindicato lutará por vale-alimentação e recuperação do poder de compra da classe. O Sindgraf garante luta e o gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE

Nesta semana, os gráficos pernambucanos, representados pelo Sindicato da categoria (Sindgraf-PE), começarão a segunda rodada de negociação salarial com bandeira de luta para avançar em direitos e recuperar o poder de compra diante da inflação anual, das perdas de renda com as reduções e suspensões de trabalho e também diante da alta no preço do alimento. Na agenda, o sindicato inicia pelo patronal dos jornais na sexta-feira (9), depois com o sindicato dos donos das gráficas convencionais no dia 14, segue com a Cepe após dia 14, e ainda com a Indústria Renda no dia 16.

 

Nas 1ª rodadas, que terminaram na última sexta-feira (2), com a garantia de todos os direitos contidos em acordo para gráficos da Indústria Renda, o Sindgraf finalizou todas as negociações com os patrões, incluindo todas as gráficas convencionais e jornais do estado, com a renovação de todos os direitos superiores à CLT (lei geral do trabalho) até setembro de 2021.

 

“A missão agora é a luta para avançar em novo direito (vale-alimentação) em nossas convenções coletivas (Lei do Gráfico das Gráficas e Jornais) e acordos existentes por empresas. Nossa luta também é para conseguir devolver o poder de compra dos trabalhadores através do reajuste salarial compatível com a necessidade da defesa da vida, emprego e da renda de toda a categoria”, destaca Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf-PE.

 

Até aqui, a luta sindical já garantiu na pandemia e até setembro de 2021 a vida e emprego com todos os direitos para os cinco mil trabalhadores das gráficas convencionais e dos jornais por meio da negociação com os patrões, sendo garantida a manutenção das convenções e acordos por mais um ano. “Falta agora a defesa da renda da nossa categoria, que consiste não só no reajuste salarial para a recuperação do poder de compra, mas também a inclusão do direito coletivo do vale-alimentação para amenizar o impacto da alta da cesta básica”, destaca Iraquitan. O Sindgraf garante luta e o gráfico garante o sindicato. SINDICALIZE-SE!

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *