(81) 3222.5390 - 3221.3099
Em 7 de outubro de 2019 - às 8:21

Sindicato fecha acordo com ganhos para gráficos da Indústria Renda

Sindgraf-PE leva proposta para análise dos trabalhadores nesta segunda

Uma jornada semanal de trabalho menor e mais alimentação e plano de saúde garantidos pelas Indústrias Renda em Abreu e Lima. Sem falar em transporte noturno gratuito, partilha de lucros da empresa semestralmente e muito mais. E ainda um reajuste salarial com uma grande possibilidade de ganho real. Essas são algumas condições negociadas pelo Sindicato dos Gráficos (Sindgraf-PE) com a diretoria da Renda. A decisão final fica a critério dos trabalhadores durante assembleia nesta segunda-feira (7).

 

“A proposta consiste na renovação integral do acordo coletivo de trabalho (ACT) onde trás direitos até superiores que nossa LEI DO GRÁFICO nas indústrias gráficas e nos jornais de Pernambuco”, conta Iraquitan da Silva, presidente do Sindgraf-PE. Um dos benefícios, por exemplo, é a jornada de trabalho de 40 horas semanal e não de 44 horas como nas demais empresas. O gráfico que larga entre 23h/4h30 deve levado em casa pela Renda. O plano de saúde, com médicos e dentista, é outro dos direitos.

 

São 55 direitos coletivos específicos. Se forem aprovados pelos gráficos, o acordo coletivo de trabalho continua válido por mais um ano, garantindo esses direitos avançados para todos os gráficos que estejam ou aqueles que sejam contratados neste período. A assembleia será hoje às 14h na Renda. Iraquitan conduzirá a assembleia.  No local, quase a totalidade dos profissionais são sindicalizados. A unidade dos trabalhadores em torno da entidade fortalece o Sindgraf na defesa da categoria junto ao patronal.

 

Além da renovação de todos os avançados direitos, superiores até que a LEI DO GRÁFICO, esta que já é superior que a CLT, os gráficos da Renda podem ter ganho real sobre suas remunerações. Pelo pré- acordado entre o sindicato e a empresa o piso salarial dos trabalhadores subirá para R$ 1.413.28. E todas as faixas salariais também terão um reajuste de 3,8%.

 

O piso nas demais gráficas é de R$ 1,291,15. E a categoria também está em plena campanha salarial para elevar este valor, bem como reivindicam melhorias para a valorização do trabalhador e do próprio setor gráfico de Pernambuco. Reivindicam, por exemplo, um plano de cargos, funções e salários. E também a alimentação e um plano de saúde como na Renda.

 

Outros gráficos que estão em campanha por reajuste salarial e a garantia de seus direitos superiores à CLT são os trabalhadores do Diário, Folha e JC. Existe um sindicato patronal somente dessas empresas e o Sindgraf negocia diretamente com ele em prol do interesse dos gráficos de jornais. Haverá amanhã a 2ª rodada de negociação. Na primeira, absurdamente, os patrões propuserem que o trabalho aos domingos fosse um dia normal. Ou seja, não compensar com 100% de hora-extra os gráficos pelo esforço de ficarem distantes da sua família, da igreja e dos amigos nos domingos.

 

 

 

[+ Informe Diário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda: *